quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Não Sobe Mais

Depois de uma festa, o cara leva a namorada de volta pra casa. Ela morava em uma rua bem tranquila e ele teve uma idéia genial. Apoiou a mão no muro e pediu, com voz bem melosa:
— Amorzinho... Só pra fechar a noite com chave de ouro, faz um boquete rapidinho!
— O quê? Na frente da minha casa? Você tá louco?
— Ah, lindinha... Tá todo mundo dormindo...
— E se algum vizinho estiver acordado?
— Ah, olha só, amor... Tá tudo escuro... Não tem ninguém na rua! Faz um boquete pra mim, faz... Não vamos perder essa oportunidade!
Ela já estava quase concordando quando de repente sua irmã aparece no portão, de pijama.
— Er, Carolzinha! — diz a namorada, assustada. — O que você táfazendo acordada?
— O papai falou pra eu pedir pra você fazer logo esse boquete ou, se você não quiser, para eu fazer, mas, por favor, pede pro seu namorado tirar a mão do interfone que a gente tá querendo dormir!

1 comentários:

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

ahsuahsuahs

maldoso o pai, hein?
mandar a caçulinha fazer o serviço!

ashuahsuah

Lucas de Oliveira